11 de dezembro de 2013

Capitulo 2 – Um Encontro inesperado - Fanfiction- “Cut Innocence”- Raven Chan


Naquele terraço havia um jardim com relva e algumas cerejeiras e outras plantas. As cerejeiras já tinham uns bons anos por isso, já tinham algum tamanho. Ai ficava sempre á sombra da penúltima cerejeira. Era ali que se sentia confortável.

Naquele dia o ruido de algo estranho a cair fez-se ouvir detrás da última cerejeira. A pequena rapariga, curiosa com o que poderia ter sido decidiu espreitar para ver o que poderia ser.

Para sua surpresa, por detrás da cerejeira de onde tinha vindo o barulho, encontrava-se um belo rapaz alto e de cabelos louros que dormia pacificamente. Parece que ele tinha deixado cair um livro. Pois estava um aberto ao seu lado. Já esclarecida, Ai, vira-se para voltar para onde estava silenciosamente para não o acordar. Ela não queria incomoda-lo.

- Gostaste do que viste? – Perguntou o rapaz, que pelos vistos não estava a dormir.

- A… Eu… Desculpa, não queria incomodar. – Responde Ai sem saber bem o que dizer.

- Mas incomodas-te. E agora o que tencionas fazer? – O seu ar sério torna-se um sorriso malicioso.

- E… Eu não volto a incomodar-te. – A pequena estava cada vez mais assustada.

- Ambos sabemos que queres ver mais.

Dito isto, o rapaz agarra a pequena pelo braço e puxa-a para o seu colo de maneira a que ela fique de costas para ele, o que deixa Ai paralisada e sem reação, ele inclinasse até ao seu ouvido:

- E agora o que é que eu faço contigo? – Sussurra ao ouvido da pequena.

Com isto o medo de Ai fala mais alto que a sua timidez e a sua consciência volta ao normal e, para se libertar, Ai voltasse e acerta um estalo na face do estranho. O que deixa o rapaz bastante irritado.

- Não devias ter feito isto. – Diz esboçando um sorriso assustador e puxa Ai para o chão ficando assim em cima dela, segurando-lhe as mãos acima da cabeça.

De repente a porta que dá acesso ao terraço abre-se e alguns alunos aparecem. Para que Ai não cause problemas, ele poe a sua mão sobre a boca da pequena para que esta não podesse chamar alguém.

- Não me parece que aquele idiota tenha vindo para aqui. – Afirma um dos rapazes do grupo.

- Acho o mesmo. Ele arranja um esconderijo diferente todos os dias, mas isto não me parece um sítio onde ele quisesse estar. Parece que vai ser complicado encontra-lo desta vez. – Concorda outro dos rapazes.

A campainha toca e o grupo de alunos vai embora. E o rapaz finalmente retira a sua mão da boca da rapariga.

- Deixa-me ir. – Pede Ai assustada.

- Desta vez tiveste sorte, mas não me vou esquecer do que fizeste. – Disse enquanto largava a rapariga.

Ai agarrou nas suas coisas e saiu dali a correr.

- Hum… Isto vai ser divertido. – Disse o rapaz para si com um sorriso sádico no rosto.


Queres conhecer as personagens da fic? clica aqui: Personagens

Sem comentários:

Enviar um comentário

Bem vindo/a ao nosso Blog ! ^_^

A tua opinião, comentário é muito importante para nós!
Vais comentar?
Obrigado por comentares, ficamos muito felizes.
Volta Sempre ^_^
Kissus

Volta Sempre ^_^